Poli.

E os meus olhos estavam entreabertos, a preguiça forçando-me a continuar na cama, e meu celular despertando com um rock dos anos 80. Derrubei-o, cai da cama literalmente, xinguei. E ouvi-a cantar: “chorei por ter despedaçado as flores que estão no canteiro”. Eram 05:30 am e tenho certeza que os vizinhos reclamavam da tua cantoria, ainda assim, tu cantavas tão doce que meus ouvidos ficaram atentos e eu escrevia pra ti, dentro da cabeça poemas. Poli. Poli Pocket, Poli Chinelo e como o Alan costumava chamar-te Poli Grana, te amo tanto boneca. Desses amores que filmes norte-americanos costumam descrever, daquelas amizades que nascem assim ao acaso e tornam-se tão verdadeiras e sinceras.

Olhe. Já te impliquei tanto, peguei tuas coisas sem pedir emprestadas, te li os diários que me dizia: odiar. E chorei. Chorei por saber que eu te era tão insuportável. Daí em diante eu lembrei que costumávamos tomar banho de mangueira juntas, que a gente brincava de boneca, polícia e ladrão, que a gente era cúmplice, naquela época de 8 anos até os 10. E então, você me disse: “eu não gosto de suas festinhas, de seus namoradinhos, me deixe em paz”. E eu te achava tão antipática, e odiava meu pai dizer: se a Poli for, você pode ir. E eu já começava a soluçar e bater o pé firme, pois sabia que você não iria. Mas a gente cresceu, sabe? E começamos a dividir segredos e eu você me encobria o namoro, haha. E eu te amei tanto desde então. Porque nós começamos a pertencer uma a outra. E hoje, quando a gente confidencia as coisas sente na pele uma da outra, entende?

E eu vou te confidenciando os meus segredos, assim como quem despeja macarrão na peneira. E você ri da minha inconstância, dos meus chiliques, do meu jeito e a gente se completa tanto, amor. Que eu fico aqui imaginando: “se você não fosse minha irmã, com certeza seria minha melhor amiga.”
E hoje eu quis dizer que nem importo que você me acorde cantando às 03, 05 ou 06 da manhã, desde que você cante. E sabe de uma coisa, eu te amo mesmo.


Da sua irmã desmiolada,

Pâmela.
Hoje, dia 31 de dezembro, além de ser o último dia do ano é o aniversário do meu pai, Manoel ou como o chamam Jesus e queria dizer, "papito", que me alegro demais por ser sua filha e que mesmo com todas as nossas desavenças jamais eu desejei ter outro pai. Você é um máximo =D
Escrevi uma carta pra ele no meu outro blog. Quem quiser ler.
Te amo, meu velho.
Feliz aniversário =D

Compar:

12 comentários

  1. Amizade assim é coisa rara e linda só de ler!
    Feliz Ano Novo!!!!
    Beeeijos ;*

    ResponderExcluir
  2. eu tenho irmãs, duas. nós temos fotos sorrindo, temos a mesma carga genética, temos os mesmos olhos, os mesmos pais..e também, como toda irmã, temos nossos segredos.
    é bom demais ter irmã.

    ResponderExcluir
  3. Bom d+ mesmo ter irmã.
    Eu tenho uma, somos melhores amigas, contamos tudo uma pra outro!!
    É delicioso!!
    bom d+++++++++++++++++++++++++
    feliz 2010!!!
    Feliz ano novo!!!

    ResponderExcluir
  4. Deve ser bom ter alguém assim para partilhar a vida, não tive a sorte de ter um irmão, mas tenho uma irmã que me pentelha bastante. Mais nova, aborecente, nos damos muito bem. Mas ainda sim preferia ter um irmão.


    Quem é você das duas? Fiquei curioso.

    Feliz ano novo moça!

    ResponderExcluir
  5. É bom mesmo.
    Tenho mais 2 irmãs =D

    Ah, sou a "loira". Haha =D

    ResponderExcluir
  6. eu tenho irmã e irmãos.

    ê parbéns pro coroaaaaaaa,
    te adoro meu bem!

    ResponderExcluir
  7. Que neste Réveillon, você reflita sobre as bênçãos que Deus lhe deu em 2009 e se prepare para todas que Ele lhe dará em 2010!

    Feliz Ano Novo!

    ResponderExcluir
  8. Infelizmente ñ tenho ninguém mais próximo assim.

    =/

    Mas, fico muito feliz por em pouco tempo ter vc por pereto!! =)

    Incontáveis abraços e que 2010 seja um ano repleto de muita paz.
    Bjos, do seu namorado....

    ResponderExcluir
  9. que carta linda, e que bonito ver duas irmãs nesta sintonia
    o/

    ResponderExcluir
  10. Acho que tenho começado a ser assim com a minha irmã, que é mais nova :)

    Lindo mesmo.
    Lindo de se ver. Lindo de se ler.
    *-*

    ResponderExcluir
  11. Queria uma Poli pra mim, onde eu acho uma? rs, tenho irmãos mais novos, mas incrivelmente nenhum deles vê em mim um amigo, sério mesmo? Sou o implacável irmão mais velho, rs, mais eu tento tornar tudo amistoso, bem, eu tento, né?

    Charlie B.

    Ps. Ufa, enfim, eu consegui ler você em todos os posts. Comentei viu. Como sempre tão linda quando um lírio. o/

    ResponderExcluir
  12. Eu sou aquele tipo de pessoa que entra nos blogui duzamigo e vai lá nas postagi mais antigas. hahaha

    De nada! hahahaha


    Tudo de lindo por aqui. S2

    ResponderExcluir