Da vida

Talvez.

11:28

Talvez eu não esteja preparada para seguir a minha vida. Ando estacionada no mesmo local desde que você foi embora e duvido que consiga, por ora, caminhar novamente. Eu não tenho mais sonhos com você, não desejo mais vê-lo ou ouvir a sua voz ao telefone. Só desejo que você se retire do meu coração. Que haja uma amnésia forte o suficiente para que você saia do meu coração. De vez.
Talvez eu seja masoquista mesmo. Ou talvez só não tenha sorte no amor, nos jogos e em tudo que a vida me oferece. Houve uma época em que a vida era mais leve e eu não me preocupava tanto. Só que os dias correm tão rapidamente e, por mais que eles corram, você se mantém vivo dentro de mim. Como eu odeio tudo isso. Como eu odeio que você ainda seja e esteja.
Eu estou tentando seguir a minha vida sem muita sorte. Vez ou outra alguém toca no seu nome e vem me contar da sua vida. Como se a prisão que vivo não fosse dolorosa o suficiente. Eu não sei até quando a vida será minha carcereira. Sei que hoje dói e se pudesse dormiria sem acordar.
Não por sua causa, mas por minha causa. Mais uma vez...

@eupamelamarques

FANPAGE

DIREITOS AUTORAIS

Todos os textos publicados aqui neste blog são de minha autoria ou de autores convidados. As fotos e gifs foram retiradas de sites como Pinterest e Tumblr, sendo assim, para de fim direitos autorais, declaro que as imagens NÃO pertencem ao blog. Qualquer problema ou reclamação quanto aos direitos de imagem podem ser feitas diretamente comigo por meio do e-mail: adm.pamelamarques@gmail.com. Eu darei os devidos os devidos créditos.