Gabi Barboza

Ela está muito bem sem você, obrigada!

18:23



Ela está muito bem sem você, obrigada!

Não foi fácil ela te colocar na lista dos “nem devia ter começado”.  Mas ela finalmente conseguiu seguir a vida sem olhar as suas postagens, sem permitir que aquele sorriso bobo – põe bobo nisso – surgisse no rosto ao lembrar dos momentos em que estiveram juntos.

Sabe o que é? Ela percebeu que você era um babaca. Que se tornou “príncipe encantado” só pelo nível exaltado de carência dela. Ela tira e põe pessoas na vida dela quando quer. O amor-próprio dela grita. Enquanto ela quis se enganar com você, se enganou.

Bastou decidir consigo mesma que você era tão desnecessário na vida dela e assim, não merecia nem um minuto dos pensamentos dela; pra te enterrar nas emoções dela. Quando ela deixa alguém de lado, é uma vez só. E olha, muitas mulheres são de “idas e vindas”. Ela não.

Aquela mulher sabe que não precisa ter alguém do lado pra ser feliz. Ela é feliz com a própria companhia. Estuda, trabalha, cresce pessoal e profissionalmente. Tem muitos amigos, ama estar consigo mesma. Ela não precisa de você. O que tiveram foi um devaneio dela. Porque ela permitiu, ela quis.

Ao somar a tristeza e vazio que você provocava na vida dela e ver que era maior que as alegrias, ela teve certeza que você só serviu de experiência. Não há mágoas, ela é mais forte do que isso. Mas não espere mais que ela vá atrás, nem que ligue, envie mensagens/e-mails. Ela não vai mais te procurar. Sabe o que ela faz quando pensa em você? Rebate o pensamento com “como perdi meu tempo!”. Ela está muito bem sem você, obrigada! É uma mulher forte, batalhadora, corre atrás da própria felicidade. Não a deposita em mãos alheias.

E olha, daqui um tempo ela estará tão bem que você vai ser passado enterrado à sete chaves. Não vai provocar nada nela. Talvez uma curiosidade em saber que você continua sozinho, largado e por aí com umas e outras. Enquanto ela estará linda, amada e vivendo muito bem os dias dela. Sabe o mais intrigante de tudo isso? Ela aprendeu que não precisa de alguém do lado pra ser feliz! Ela aprendeu que o que for pra ela, vai se encaixar à vida dela naturalmente. Você e ela eram algo que exigia esforço demais. Não era pra ser mesmo.

Ela sofreu, ela correu atrás, ela lamentou pelas as outras. Ela chorou, ela bebeu, ela se acabou numa panela de brigadeiro. Mas ela se reergueu. Passou por cima de tudo e está cuidando de si. A vida dela é mais leve sem a sua presença.

As suas mentiras, ela jogou no mar. Ela não é mulher de desejar mal a alguém, vive como se você não existisse. Segue a vida, correndo na direção dos objetivos, cheia de amor-próprio. Ela ficou mais forte depois de tudo o que você provocou.

Segue a sua vida. Não perca o seu tempo pensando nela. Tentando saber sobre ela. Essa moça é do tipo que deixa de lado uma vez só. Às vezes em que ela foi atrás, era na tentativa de não deixar morrer o que vocês estavam construindo.


Mas agora, ela deixou de lado. E isso não tem volta. 


Relacionamentos

Carta aberta ao meu ex

12:03


Há muita coisa entalada aqui dentro. Há dias que eu penso em você com um certo pesar; outros dias eu lembro com muita tristeza. Não há como dizer se, em alguns desses momentos, eu penso com amor. É tudo muito confuso o que ficou aqui dentro de mim e muito doloroso também. Com uma dor imensa no coração eu digo que sinto saudades de você. De quem fomos. De quem éramos. Sinto saudades de dividir minhas pequenas alegrias e minhas grandes conquistas. Dia desses conquistei algo tão grande e não tinha você para me parabenizar. Dia desses eu tomei café na xícara que você me deu, enquanto escutava a nossa música no Spotify. Dia desses eu peguei aquela caneta tinteiro que você me deu, no dia dos namorados, e fiquei pensando: “como diabos é que eu faço para usá-la?”

Há muita coisa presa na garganta ainda. Um monte de coisas que eu queria ter dito para magoar seu coração, para te fazer sentir a dor que eu senti. Mas há também tanta coisa que eu nem sei definir. Nem sei se deixei de te amar, a única coisa que sei é que você me faz falta do nascer ao pôr do sol. Da primeira até a última hora do dia. Tão estranho acordar e não ter você. Tão doloroso é sentir que nunca mais seremos. Tão triste é lembrar da gente, dos nossos dias juntos, de fechar os olhos e ver você me estendendo a mão e saber que você quis caminhar por outra direção. Sem mim.

Há muita coisa aqui dentro do coração. Tem dia que não dói tanto e nesses dias eu sorrio mais. Mas tem dia que é tão terrível, que me dilacera por dentro e eu choro feito uma criança. Hoje é um dia desses, sabe? Em que eu queria que tudo fosse apenas um pesadelo e que ainda fôssemos quem éramos um para outro. Eu sinto saudade do meu melhor amigo. Sinto saudades das suas piadas idiotas e das canções que você postava em seus stories para mim. Sinto saudades das suas selfies e de mandar fotos com caretas para você. Sinto saudades de te mandar longos áudios e de ouvir o seu sotaque bonito. Sinto saudades da sua filha – eu a amo tanto. Sinto saudades dos nossos planos, de imaginar nossas viagens e pensar como seria observar as auroras boreais ao seu lado.

Há muita coisa aqui em mim e eu não consigo esvaziar. Vez ou outra alguém toca no teu nome e eu sempre dou um jeito de te defender. Digo que a culpa não foi sua, que foi das circunstâncias e de toda a distância que nos separava fisicamente. Mas logo alguém me diz que você não me amou o suficiente e isso me dói o coração. Talvez eles tenham razão. Eu nunca saberei.  Eu disse que nunca mais ia escrever nada sobre você, mas eu não estou aguentando o peso dos meus sentimentos, ando tão sufocada, tão deprimida, que às vezes nem eu mesma me compreendo. Todos os dias eu acordo e me pergunto se você ainda pensa em mim, se também sofre como eu sofro, se ainda sou alguém importante para você, se você ainda ouve as nossas músicas ou se muda logo a estação quando elas tocam. Mas minhas perguntas não são respondidas e não há quem possa responde-las. Hoje meu coração dói de uma forma tão inexplicável que eu só queria que você chegasse e dissesse: é só um sonho ruim, eu nunca fui embora, eu sempre estive aqui. Mas eu sei que você se foi e até hoje eu não entendo o porquê. A gente tinha uma relação tão bonita, tão verdadeira, tão incrível. Como foi que você desistiu de mim? 

@eupamelamarques

FANPAGE

DIREITOS AUTORAIS

Todos os textos publicados aqui neste blog são de minha autoria ou de autores convidados. As fotos e gifs foram retiradas de sites como Pinterest e Tumblr, sendo assim, para de fim direitos autorais, declaro que as imagens NÃO pertencem ao blog. Qualquer problema ou reclamação quanto aos direitos de imagem podem ser feitas diretamente comigo por meio do e-mail: adm.pamelamarques@gmail.com. Eu darei os devidos os devidos créditos.