Alan,

(...) nem as torrentes, das grandes águas, conseguirão apagar esse amor, pois suas chamas são fogo ardente, mais do que amor é bem mais forte esse amor. De abraço esmagante, de ausência torturante, de noite e luz e feito esse amor, de dor incomparável, consolo inestimável, de vida e cruz é feito esse amor. Nicodemos Costa ♫

Os meus olhos sentem saudade do teu sorriso claro e largo, amor. Daquele teu abraço que me afastava a tristeza e das tuas mãos que limpavam as minhas lágrimas. Hoje você me doeu, sabe? De uma maneira tão intensa que o meu corpo não quis levantar da cama, nem meu travesseiro conseguiu abafar os meus soluços que insistiam em demonstrar que havia algo errado dentro de mim. Sinto tanta falta de ti, do teu carinho, da proteção, de poder confiar em alguém.
Eu sinto falta de ser amada e sinto que o amor morreu contigo. E me dói.

Dói tanto que minhas lágrimas me escorrem pela face enquanto escrevo isso, tudo tão embaçado.
Dói-me sentir que os meses estão passando e em minha mente sua imagem está cada vez menos nítida, você está sumindo de mim e eu tento estender a mão e você não a alcança. Será que amar é sempre assim? Nunca ganhar, só perder?


Sabe eu me lembro dos teus telefonemas do nada só para dizer “oi”, do som de seu cavaquinho, de você rindo da minha dificuldade de fazer as notas no violão, de sua mão estendida para atravessarmos a rua. Sim, você era o único que não ria desse meu medo, compartilhava.
E eu me perdi, Alan. Desde que você me deixou, aqui sozinha. Só com a dor. Eu te via em meus sonhos diários e isso amenizava, mas de repente você sumiu de lá também. Ainda não sou forte o bastante para ficar sem você, por completo.

Eu queria hoje, principalmente, que você me enxugasse as lágrimas, beijasse a minha testa como você costumava fazer, me abraçasse e jogássemos dama. Queria que você me dissesse que eu não estou louca, que não estou perdida. E que eu não afasto as pessoas que eu amo, que não sou má, só um pouco desatenta e medrosa.

Mas você não vai me abraçar, né? Sim, eu sei.


Pâmela, a priminha.

Compar:

17 comentários

  1. Eu sei que eu vou te amar, por toda a minha vida eu vou te amar ♫

    Eu sei que você ouvi cantando e ficou feliz porque gostava de me ouvir cantar. Sei que a gente vai se encontrar, sabe?
    E eu vou fazer o melhor, ser a melhor, como tu fostes, para merecer estar ao teu lado.

    Eu te amo tanto, assim, que nem sei dizer.

    Alan&Pam4évah!

    ResponderExcluir
  2. "Dor de amor quando não passa é porque o amor valeu..."

    Não há inspiração melhor! Ou choro mais sentido! Dor também é a face do amor!
    ;]

    ResponderExcluir
  3. Não sei o que me dói mais, Pâm.
    Se o texto, se teu comentário ou se por tudo me lembrar o Dan.

    Aquilo que é nosso, devia ficar pra sempre, sabe?

    ResponderExcluir
  4. assino com a maria fernanda : "Aquilo que é nosso, devia ficar pra sempre, sabe?"

    ResponderExcluir
  5. é uma door, que me dói igualmente porque eu tenho ciencia dela tambem.. nos resta a esperança de cicratizar.. é o que nos resta..

    ResponderExcluir
  6. aai, que droga!
    como assim 'sei que não vai me abraçar??'

    textinho triste, pâmela.
    triste, triste.

    ResponderExcluir
  7. Onde ele estiver, deve lembrar dos mesmos momentos e querer as mesmas coisas. Mas com certeza ele está bem, esperando pacientemente pelo dia em que vocês puderem se reencontrar... Não que ele tenha pressa, sabe que sua vida pode exigir mais tempo que a dele pra cumprir os planos divinos.

    ResponderExcluir
  8. nossa, q estranha coincidencia...

    sabe, eu aprendi nisso tudo que quando o sentimento é verdadeiro, quando entregamos mesmo o amor e só amor, puro e em excelencia, nada fica em vão. não importa o tempo longe desse bem, pq ele sempre volta pra gente. qdo vivi essa sua história, perguntava-me se tinha sido tao errada em amar desse jeito pra colher só lagrimas, dor, muita dor, mas tive q ser paciente por imposição da vida e descobri que nao houve erro algum, q nada foi de mentira, pq o amor voltou e mais forte do que nunca, e se eternizou na amizade.

    ResponderExcluir
  9. Nossa realmente esse texto é triste,mais serve também pra lembrar que jamais deveremos esquecer as pessoas que já se foram,mesmo elas não estando presentes,de alguma forma estão perto de nós,seja na nossa mente ou no nosso coração.

    ResponderExcluir
  10. Lembra do abraço então! Lembra e sorri pra lembrança do sorriso que você dava quando o abraço era real.
    A saudade às vezes dói, mas também conforta...

    :x

    ResponderExcluir
  11. A gente só sente saudade daquilo que amamos.
    Algumas pessoas vão para depois retornar de alguma forma.
    Nesse momento é necessário o primeiro amor: o amor-próprio.

    Vai tudo melhorar. vai sim.

    ResponderExcluir
  12. Owuun mt .. =/
    eu já me senti assim sabe
    nossa são momentos dificies ...

    Posso te seguir ?
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. "Se nenhum amor dura pra sempre, nenhuma dor também"♫

    a minha ainda não passou, não sei quanto tempo mais vai demorar pra passar, mas espero que passe.

    ResponderExcluir
  14. são sempre tantos quereres, né?

    brigada pela visita, volte sempre mais...

    beijos.

    ResponderExcluir
  15. Meu Deus, que lindo e triste!
    Quanto sentimento..

    Mas não é bem assim, ninguém precisa de ninguém para seguir em frente. Só é mais agradável seguir em frente quando se tem alguém ao nosso lado.
    Mas enfim, no fim a gente se descobre mais forte do que pensava ser.

    ResponderExcluir
  16. E esses amores nos doem tanto de vez em quando..

    =/

    ResponderExcluir
  17. Pam, lindo demais o textos, cada palavra sua é emocionante! Espero de verdade que o amor não seja só sofrer, sabe?

    Bjos

    ResponderExcluir