Fragmento;

Elisa é uma moça de família de classe média alta, possui olhos de avelã, tal como o pai, um sorriso fácil e cabelos compridos, louros, caídos em cachos até o meio das costas. Cresceu com a ausência dos pais, que sempre batalharam muito para poder levar a vida que levam, era um tanto introspectiva e possuía poucos amigos. Uma das pessoas que Elisa mais considerava era Estela, moça nova que ajudava sua mãe em casa, pois dona Yolanda era uma doceira famosa na cidade, o que a mantinha muito ocupada. Seu pai, Carlos, raramente se dirigia a filha, pois queria um filho homem. Então, Lis cresceu com o amor emprestado de Estela, sua babá-confidente-irmã. Quando adolescente conheceu Daniel, um rapaz de traços fortes e olhos de hortelã e muito, muito doce. Elisa apaixonou-se profundamente por ele e alimentava sonhos, rabiscava o nome dele em pedaços de papel e, à ele, escrevia poesias. Era um amor daqueles que não cabem em livros. Ela o amava, mas não sabia dos sentimentos dele em relação à ela, mal sabendo que Daniel sonhava com ela todas as noites, a tinha como dona de seu coração e fazia planos. A vida de Daniel era curta: e ela não sabia.

Um resumo de um livro feito à seis mãos. Acompanhem.

Compar:

8 comentários

  1. Eu também. Devo confessar que venho sonhando todas as noites com ele \o/

    ResponderExcluir
  2. caralho! fiquei puto por não continuar... e isso quer dizer "muito bom o texto, me prendeu"

    ResponderExcluir
  3. Hum... Um livro? deve ser muito bom, pq o resumo é ótimo.
    Vou seguir.
    :*

    ResponderExcluir
  4. Fabuloso! Amei!
    Pâmela, obrigada por seu comentário. Mas tenho que explicar uma coisa, aquele texto não aconteceu comigo. É fictício, mas fico contente por ter gostado.
    Beijos!!



    P.S.:Volte sempre! Seguindo o blog.

    ResponderExcluir
  5. Nossa, incrivel!! amei, amei, amei.
    Terei que acompanhar..

    ResponderExcluir
  6. Ameei (: Quero ver o resto!

    em relação ao seu comentário, que bom que passou pra vc, e esse momento ja ta passando pra mim tmb. Tudo passa ((:

    Obrigaada mesmo pelas palavras!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Tô puta também, essa mania de não continuar tá pegando geral. Eu adoro quando descrevem os olhos com sinestesia, sabe?

    ResponderExcluir