Quando você vem.

17:34


Quando você vem o coração já acompanha – compassadamente – os ponteiros do relógio. Saber que os meus braços te encontrarão, que nossos corações baterão em uníssono, faz com que os meus dias sejam azuis mesmo que o mau tempo insista em pintar o céu o nublado. Saber que os teus olhos pousarão sobre os meus transforma a minha vida em uma doce espera e a minha mente em um relicário onde mantenho você vivo – em cada detalhe, em cada toque, em cada lembrança – até a próxima vinda.

O amor é um grande milagre. E chegamos a essa conclusão ao observar a forma como nossas vidas são modificadas. Amar é não ter certeza de muita coisa, mas ainda assim insistir e acreditar no sentimento. É abraçar com o coração as manifestações de afeto e se abobalhar diante de pequenas situações. Ser amado é algo tão surreal que imergimos no sentimento de cabeça. Mergulhamos sem medo de suas águas. Amar é ter sede e ainda assim não se sentir saciado.

Quando você vem meu coração já conta as horas e meu pensamento corre apressadamente de encontro a você. Os meses que nos separam parecem pequenos diante dos dias que nos unem. Amar é acreditar na espera, é ser paciente e, sobretudo, entender a máxima bíblica que diz: “há um momento para cada coisa debaixo dos céus”. Amar é perseverar. Amar é nunca ir, é sempre ficar.



Você também pode gostar

2 comentários

FANPAGE

@igpamelamarques


DIREITOS AUTORAIS

Todos os textos publicados aqui neste blog são de minha autoria ou de autores convidados. As fotos e gifs foram retiradas de sites como Pinterest e Tumblr, sendo assim, para de fim direitos autorais, declaro que as imagens NÃO pertencem ao blog. Qualquer problema ou reclamação quanto aos direitos de imagem podem ser feitas diretamente comigo por meio do e-mail: adm.pamelamarques@gmail.com. Eu darei os devidos os devidos créditos.