Teus dedos (me) dedilham.



Teus dedos dedilham a minha pele: sou violão. Uma sinfonia que somente teus dedos conseguem com destreza executar. Em meu ventre o Sol se faz bonito casando-se com vários acordes: somos canção. Somos “muito/tanto” da vida. Ela que se desenha preguiçosa lá fora, enquanto sôfregos nos rendemos ao que somos. Somos instinto nada extinto. Somos um misto de desejo, ternura e vontade. Somos a vida que muitos queriam ter, mas pudicos se negam. Somos a excitação de um novo amanhã. Somos o pulsar do coração que se descompassa por nossa respiração desritmada.

Tuas mãos envolvem os meus cabelos e os meus sentidos se perdem no seu entrelaçar de dedos. Não há juízo que se mantenha intacto quando você me faz tua. Quando o teu sussurrar abarca o meu coração, quando a tua respiração aquece o meu pescoço, a minha alma e o meu interior. É como se o mundo parasse por um instante. Tal qual uma brincadeira de estátua. A vida parece nos observar de forma invejosa. É como se dissesse: “olhem como se têm”.  

Nos temos. De uma maneira indescritível e inigualável. É como se fôssemos um rio a desaguar em um oceano. Metades que se completam e se têm de forma óbvia e precisa. Você me toca com a expertise de quem nascera para aquilo. Acordes, melodias, sons se perdem e se acham no eco de nosso quarto. Somos uma orquestra sinfônica. Um dedilhar de sonhos muitos, de vontades exageradas e desejos nada contidos. Somos música.

Teus dedos dedilham a minha alma e não há canção no mundo que supere em beleza, em ritmo, em harmonia, todo o amor que surge dessa nossa leveza de amar. Teus dedos dedilham a minha história e já posso ver Beethoven sendo substituído nas chamadas de espera. Já posso ver os altos falantes da cidade sintonizados em nós. Já posso visualizar, egocentricamente, a vida girando em torno de nós. Eu, canção escrita. Tu, maestro que me rege.


Compar:

3 comentários

  1. Segunda love songs de sucesso, porque a música que inspirou foi a tua própria!

    Nada mais bonito do que isso, Pâm. Ser regida com maestria pelo amor e pela urgência de amar.

    Gostei foi muito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhor que o texto é receber a tua aprovação sempre! ♥

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir