Foi por causa de você.



►Leia ao som de Because Of You, Kelly Clarkson

Já passada as festividades carnavalescas estou aqui, e não é a minha quarta-feira que é de cinzas, mas sim a tão temida segunda-feira. Estou enrolada em uma toalha de banho segurando uma xícara de café ao som de Kelly Clarkson. Sinto que a chuva que derrama lá fora é pequena perto as lágrimas que brotam de meus olhos negros de luar.

A música ecoa em todo o meu apartamento, ainda me encontro de luzes apagadas, resta unicamente a fresta que vem do banheiro o qual deixei a porta entre aberta. A cada nota musical sinto em minha pele ainda o toque de suas mãos, a textura de seus lábios e o cheiro de sua essência. Sinto vontade de abrir os olhos, abrir as cortinas, permitir que a chuva adentre e venha também lavar todas as lembranças que ainda me resta de você.

“I will not make, the same mistakes that you did. I will not let myself, 'cause my heart so much misery” (Eu não cometerei os mesmos erros que você, eu não me permitirei causar tanto sofrimento ao meu coração.) A  música continua a vir invadir a minha alma e me abraça com a sua letra como se fosse o consolo que necessito para aquele momento, mas o bálsamo dura cerca de segundos, porque a realidade é que a decisão já foi tomada. E, ao escolher seguir em frente os nossos caminhos se tornaram opostos, tu ficou com o que restou de nós dois, e eu escolhi a incerteza do futuro, o medo de sobreviver em dias que tu não fosse mais o meu caos ao meio dia. Ou a minha bússola a me orientar para qual seja o caminho que eu devesse continuar.

Erros meus, erros seus, seja de quem foi a culpa, decidi deixar tudo pra lá, prometi a mim mesma fazer tudo diferente, mesmo que os desejos que ardem em meu corpo sejam unicamente aqueles que me levam até você. A crueldade de seu olhar ao me dizer:

- Se é o que desejas, então siga com a sua vida, eu não irei lhe impedir.

Fora o ponto crucial para me libertar das garras que ainda me mantinham presa a ti, a entrega era mútua, mas durava somente enquanto as garrafas de vinhos não se esvaziassem, depois eram dois corpos extasiados pelo prazer, a luxúria cedia lugar ao descaso então tu acendias mais um cigarro e abandonava o meu quarto e também todas as promessas de um amor ardente.

Because of you, I never stray too far from the sidewalk, Because of you, I learned to play on the safe side, So I don't get hurt.” (Por sua causa, eu nunca ando muito longe da calçada, por causa de você eu aprendi a jogar do lado seguro, assim eu não me machuco. ”

Dizem que devemos nos arriscar, jogar mesmo sem a garantia do acerto ou independentemente de placar, mas acabei de sobreviver ao naufrágio de uma relação submetida ao fracasso, me deixei levar por momentos, e não notei que pra ti fui unicamente um capricho, que seu corpo era meu em alguns momentos, mas que jamais teria acesso ao seu coração. E, de tantas migalhas que tu me jogastes decidi optar pelo fim dessa relação.

Um final que não me deixas sequer um sinal de recomeço, e graças a ti, hoje tenho medo de me olhar no espelho, quem sabe o que irei encontrar ao contemplar a minha própria imagem? O escuro do meu quarto e uma melodia triste é muito mais seguro do que andar pela chuva e quem sabe finalmente aprender a dançar, assim como dizem os mais sábios anciões. Mas foi graças a você que aprendi o lado mais dolorido do amor, e é nisso que tenho me agarrado para completar a minha lição e nunca mais provar o sabor que possuí a dor.

Hoje vivo presa em uma realidade submersa a fragmentos de uma história a qual já não vivo mais, mas levo como experiência, porque em meu coração, ninguém mais irá fazer morada. I was so young, you should have known, better than to lean on me, you never thought, of anyone else, you just saw your pain, and now I cry, in the middle of the night, for the same damn thing.” (Eu era tão jovem, você deveria saber, melhor do que se apoiar em mim, você nunca pensou, de qualquer outra pessoa, você só viu sua dor, e agora eu choro, no meio da noite, por causa da mesma maldita coisa.)

Graças a você criei a resistência necessária para amores fugazes, hoje eu me retiro antes mesmo de me doar, eu já provei da dor, e não espero nunca mais esse mesmo cálice degustar, e foi tudo por causa de você.

Because Of You... 


Compar:

1 comentários

  1. CARALHA ESSE TEXTO COM ESSA MÚSICAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA.

    Graças a você criei a resistência necessária para amores fugazes, hoje eu me retiro antes mesmo de me doar


    Rê arrasa demais!!! ♥

    ResponderExcluir