Resenha: Eu sei o que você está pensando.



Livro: Eu sei o que você está pensando;
Autor: John Verdon;
Ano: 2011;
Editora: Arqueiro;
Páginas: 352.
SINOPSE:
“Se alguém lhe dissesse para pensar em um número, sei em que número você pensaria. Não acredita? Pense em qualquer número de um a mil. Agora veja como conheço seus segredos.”

Mark Mellerey, recebe um misterioso bilhete anônimo, onde o remetente diz conhecê-lo tão bem, que seria capaz de acertar o primeiro número que ele pensasse, entre 1 e 1000. Intrigado com o fato de seu correspondente anônimo ter acertado em cheio o número que ele pensou, aparentemente aleatório, Mark Mellerey decide procurar David Gurney, um experiente detetive, já aposentado, conhecido por participar de casos policiais famosos.

O livro prende desde o início, e ao passo que a história vai se desenrolando, a sensação que temos é que o caso não tem solução. A história é contada por David Gruney, personagem principal, que apresenta uma vida pessoal cheia de problemas, dentre eles o casamento marcado por uma tragédia, que passa por uma fase difícil e o distante relacionamento com o filho. Isso enriquece o personagem e faz com que fiquemos mais “íntimos”dele.

Para quem gosta do gênero, o livro cumpre bem o papel, pois, tem a dose certa de suspense, assassinatos, mistério, investigação, psicologia; um policial inteligente e um assassino criativo. Sem dúvidas, um livro que ao final de cada capítulo te deixa com vontade de ler o próximo.

Crédito da imagem: Prólogo da leitura.



Compar:

0 comentários