Deixa eu bagunçar você!



►Leia ao som de Zero, Liniker◄

Deixa eu ser um pouco de caos nesta calmaria que é a tua vida. Tirar a tua vida do marasmo e te fazer conhecer os cantos mais sórdidos desta grande Capital. Deixa eu te apresentar o mundo e te mostrar que a vida é maior do que os teus olhos podem ver. Deixa eu andar de mãos dadas como namorados, mas deixa eu te enroscar nas minhas pernas como amantes. Deixa eu te fazer peregrino em meus caminhos. Deixa eu te olhar nos olhos e te fazer mil juras em minha íris. Deixa eu desvendar a constelação que habita em teus olhos. O universo que se esconde em teus lábios.

“Dente, lábio, teu jeito de olhar. Deixa eu me aprofundar em você. Nos teus pelos, nos teus cheiros e nos lugares que eu desconheço. Deixa eu olhar a vida através dos teus olhos. Deixa eu ser o motivo das tuas noites insones e, me chama a viver contigo todas elas. Deixa eu ser o que motiva a ser alguém melhor e a razão pela qual você ainda acredita em um mundo melhor. Deixa eu te conhecer a fundo. Deixa eu explorar o teu íntimo, teu âmago, teu mundo.

Deixa eu me perder em teu corpo. Como alguém que não sabe onde deixou a sua “caneta bic”. Deixa eu fazer as analogias mais absurdas para te fazer parte da minha rotina. Deixa eu te amar em meus pensamentos enquanto ouço o professor dissertar sobre física quântica. Deixa eu te ter em meus braços, enquanto meu chefe me demanda. Deixa eu ser a tua comida, o pão que te alimenta, a água que mata a tua sede.

Deixa eu ser. Deixa eu ter. Deixa.

Deixa eu caminhar pela tua história como quem deseja encontrar um tesouro perdido. Deixa eu ser a mocinha do teu filme preferido de faroeste. Ou a princesa que espera na torre para ser resgatada. Deixa eu ser de contos de fadas. Mas deixa eu ser, também, uma história bandida. Deixa eu ser quem eu quiser e me dê condições para isso. Abra a porta sempre que eu pedir e só a feche para que o frio não nos alcance. Deixa eu ser quem sempre fui.


Deixa eu bagunçar você.
Deixa?

Fotografia: Maud Chalard.

Compar:

5 comentários

  1. deixa eu ser.
    deixa eu ter.
    deixa.


    ai meu core ♥ que coisa mais delicinha pampam

    ResponderExcluir
  2. Deixa eu te dizer: textão da porra!

    Li duas vezes e queria que ele fosse um livro. Acabou rápido demais.

    Lindo.

    ResponderExcluir
  3. Como não se deixar bagunçar?
    Texto danado de lindo! E essa imagem, casou perfeitamente!

    ResponderExcluir
  4. Se todo pedido fosse dessa forma quem se megária a dizer sim nossa muito muito lindo arrepiou ate a alma.
    Como sempre você é a melhor.
    Por favor Marfe...não use essa palavra core <3 eu usei ela primeiro rsrsr.

    ResponderExcluir
  5. Maravilhoso texto poema!

    ResponderExcluir