Às vezes.

16:59


Acabou.
Boa sorte.


Às vezes a gente precisa se olhar com mais gentileza, se abraçar como quem consola uma criança indefesa e dizer que tudo ficará bem de ali em diante. Às vezes a gente precisar olhar como mais clareza para a vida, se atentar aos sinais e saber ler aquilo que o outro não diz. A gente diz que ama numa facilidade, porque não nos ensinaram sobre o amor. E a gente acredita que somos amados, porque desde pequenos somos ensinados a acreditar. Os adultos não mentem. E meu coração criança continua acreditando nas palavras que me dizem.

É preciso ter muita coragem para fazer as malas e sair de onde se quer permanecer. É preciso ter muita coragem para se encarar no espelho e dizer a você mesma que o amor não existe. Ou que não existiu para você. E que talvez não existirá. E tá tudo bem. Tudo bem encarar a tua história e não reconhecer ela. Tudo bem sentir esse aperto aí dentro, esse sufoco que te maltrata. A vida não é fácil mesmo. Quem é que disse que ela algum dia seria?

É preciso ter paciência para atravessar os dias. Porque nem todos são de sol. Alguns chovem. Outros são frios e trazem consigo o inverno mais cortante. E tá tudo bem. Tudo bem você perceber que o calor que te aquecia não era de um verão real. Tudo bem você perceber que as palavras não têm valor. E que alguns pensamentos, sentimentos, confissões são voláteis.

Às vezes a gente precisa se olhar com mais gentileza e se abraçar como quem consola uma criança que perdeu algo importante. Um pai. Uma mãe. Por que quem é que mede o tamanho da nossa dor? Quem é que dirá que o que sentimos tem o peso de um brinquedo perdido ou de um ente querido?

Às vezes a gente precisa enxugar as lágrimas e perceber que quem te fere sabe o que está fazendo. Que quem te magoa faz de propósito. Às vezes a gente precisa parar de colocar panos quentes, de amenizar o lado do outro, de achar que a pessoa está confusa e que ela te ama. Às vezes a gente precisa aceitar que nunca houve amor. Em nenhuma palavra. Em nenhuma frase. Às vezes a gente só precisa cair na real. Às vezes a gente precisa parar de ouvir o que os outros falam para poder observar o que eles fazem.

Às vezes.


Você também pode gostar

2 comentários

  1. Às vezes é só o tempo passar pra gente olhar com outros/novos olhos pra se enxergar que essa tempestade no fundo não foi tão violenta assim e serviu pra nós moldar para um futuro amor que vai apagar tudo o que já foi de ruim por um único motivo: estará, tudo, finalmente, fazendo sentido e valendo a pena.

    Amém.

    ResponderExcluir

@eupamelamarques

FANPAGE

DIREITOS AUTORAIS

Todos os textos publicados aqui neste blog são de minha autoria ou de autores convidados. As fotos e gifs foram retiradas de sites como Pinterest e Tumblr, sendo assim, para de fim direitos autorais, declaro que as imagens NÃO pertencem ao blog. Qualquer problema ou reclamação quanto aos direitos de imagem podem ser feitas diretamente comigo por meio do e-mail: adm.pamelamarques@gmail.com. Eu darei os devidos os devidos créditos.