A vida requer movimento.


►Leia ao som de November Rain, Guns N' Roses◄

A vida não é um caminho reto e nós percebemos isso quando vemos os nossos sonhos saindo da linha. Ninguém é tão dono de sua vida e muito menos capaz de controlar o tempo. Nossos planos às vezes sairão fora do planejado, mas isso não é motivo para se desesperar ou desistir. Alguns caminhos parecem longos demais, desastrosos demais e complicados demais, mas tudo isso porque não conseguimos extrair dos erros, dos baques, o essencial à caminhada. Ter fé é combustível suficiente para realizar os nossos sonhos. Acreditar é necessário. 

A casa que você sonhou, o carro que você desde criança sempre quis, os filhos que vivem em sua mente, nada deles são realmente seus até que você os queira e batalhe por eles. Casas não caem dos céus, carros não encontrados na rua com a chave na ignição, filhos não são bonecos que se compram em lojas de brinquedos. Tudo isso e, muito mais, requer esforço, planejamento e, acima de tudo, esperança. Esperança em nós. Fé que conseguiremos. Força de vontade para buscá-los. 

A vida requer movimento. Ela pede que nós caminhemos, mesmo que estejamos desacreditados e feridos. Ela pede que olhemos com mais generosidade para nós mesmos, com mais complacência aos nossos medos e com mais mansidão para os nossos objetivos. Nada daquilo que surge em nossos coração é em vão. Toda semente que cai sobre o seu solo é capaz de germinar desde que a reguemos. Nenhum sonho é irrealizável. A própria palavra diz que nada é impossível àquele que crê.

Por isso eu digo: creia.

E apesar de saber que há dias que precisemos do silêncio, rever os nossos conceitos e olhar para dentro de nós, eu lhe digo: não é possível atravessar a vida com medo do amanhã. Não é possível agarrar nossos sonhos se não quisermos de fato. A vida corre depressa e se não corrermos atrás, andarmos lado a lado, veremos mais adiante que ela escorregou por entre nossos dedos. Que ela se apagou igual uma vela em uma noite fria de novembro.


Compar:

0 comentários