Nossa canção


► Para ouvir ao som de Your Song, Elton John ◄

Quem diria que eu me apaixonaria dessa forma. Como quem cai em um bueiro sem, ao menos, ter tempo de se desvencilhar, de mudar a rota, de evitar. Cai em teus braços, me aninhei em teu colo e da tua vida venho fazendo o meu ninho. É impossível não olhar para o sentimento que me invade e pensar: Onde começo? Onde termino? Já não sei diferenciar o que é meu, o que é teu, pois tudo parece que é nosso. A vida vem se desenhando no plural desde então. Há quem diga que o amor deixou meus olhos mais bonitos, mais cheios de vida e que até o meu andar denuncia que o amor se faz presente em minha vida. "É engraçado demais tudo o que está aqui dentro". Esse sentimento que me desmonta, que me monta, que me prende, que me solta, que me faz livre e me dá o céu.

É impressionante olhar para o passado e não ter lembranças nítidas de como eram os dias sem a tua companhia. Não é que a vida tenha perdido o valor e que os dias passados não sejam tão significantes. É que tudo parece muito mais interessante e mais cheio de cor desde que você apareceu. As canções que outrora me angustiavam, por vários motivos, por várias pessoas, hoje já não me ferem o coração. Tornaram-se apenas canções. Já não são amarras, não me aprisionam mais. Hoje me sinto livre como um pássaro que dá rasantes em céus de brigadeiros. A tua presença me fora, desde o princípio, libertação. 

E hoje estou aqui olhando para tudo o que construímos com uma gratidão imensa no coração. E, sem cerimônias e com o coração de um menino que acabara de se ver apaixonado eu te digo: "espero que você não se importe que eu expresse em palavras o quão maravilhosa a vida é, enquanto você está no mundo". No meu mundo, no nosso mundo. Obrigada por cada gesto pequeno e admirável, desde o piscar de cílios me beijando mentalmente, até o compartilhar de sonhos muitos e planejar de vida sem fim. A vida é muito mais bonita porque você está. E eu quero que saibas que, mesmo que haja milhões de canções no mundo, a nossa sempre será a mais bonita. E, eu sempre dançarei somente com você.

Pois é assim que a vida é: uma canção que podemos escolher - caso seja do nosso agrado - repetir o play infinitas vezes. 


Compar:

1 comentários