Sei lá.

Existe uma ponte imensa que eu não consigo atravessar.
Existe um amor aqui que eu não consigo medir.
Existe uma vontade aqui dentro, calada.
Existe duas opções: seguir ou desistir.
E eu optei por deixar rolar.
Sei que não é certo estipular prazos.
Mas sei lá...
(...) vou me mandar.

Compar:

18 comentários

  1. Nada melhor do que as coisas seguirem o rumo, sem pressão demais nossa, ou dos outros. Como diz a letra de um velho pagode, rs: "Deixa acontecer naturalmente..."

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Te li e imediatamente me veio à mente o seguinte:

    "Não sei, deixo rolar. Vou olhar os caminhos, o que tiver mais coração, eu sigo."

    [Caio F.]

    Se manda, Pâm. Mas tentar ver os lados que te enternecem, antes. Teu coração preenche os caminhos todos, percebo.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Como vc mesma disse....Deiaxa rolar!!!!!
    é o melhor a fazer.
    bj

    ResponderExcluir
  4. Pâmela, coração!
    "Mas sei lá..."
    Tenho repetido isso diversas vezes.
    Me encontrei no seu texto, Mel.
    É difícil ver duas opções e uma terceira sorrir.

    Sorrio quando te leio.
    Amo quando te leio.
    Amo você.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  5. tem horas que é bom deixar de bossa, é bom deixar a onda levar, sentir o vento empurras as nossas costas...mas sei lá né? Tem horas que é bom a gente falar qual caminho quer, não somos tão "Alice" assim...

    bjim e bom texto

    ResponderExcluir
  6. Deixa que o amor te faça levitar assim poderá esquecer a ponte.


    Um beijo, doce.

    ResponderExcluir
  7. Não desista se for para ser feliz... O importante é sempre seguir em busca da felicidade.
    bjos
    ps:amei o post, muito lindo!

    ResponderExcluir
  8. se é difícil estipular, deixe rolar...curtir, amar...é o melhor ( ou a única coisa) a se fazer!

    ResponderExcluir
  9. Deixar rolar às vezes é a única opção que nos resta.
    Mas pois é, quem sabe isso tudo seja nada?
    Um beijo

    ResponderExcluir
  10. Caia na folia, depois da quarta-feira de cinza, vem uma quinta-feira de fênix.

    ResponderExcluir
  11. Sei lá (essas duas palavrinhas dizem tanto, gosto muito)

    Deixar rolar, as vezes é esse o segredo.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  12. Sei lá também, to deixando fluir... mas fluir pra onde? Também não sei...

    Bjos Pam

    ResponderExcluir
  13. Eu sempre tento deixar rolar, mas as vezes sinto aquele aperto e tenho que me segurar pra não cair em contradição...é difícil mas acho que necessário :)

    simples mas bonito.

    beijos

    ResponderExcluir
  14. ' Eu optei por deixar rolar '
    muito bom, e é quase sempre a melhor saida mesmo :)
    seguindo voc, mt bom !
    me visita depois ;)

    ResponderExcluir