Resposta.

08:35



Se não conseguir localizar o Vinícius eu posso tentar falar com o síndico e conseguir o endereço para você. De qualquer forma esse incidente foi responsável pela nossa aproximação. Fico feliz em ter aberto a tua carta, já que não se irritou comigo, e eu ficarei muito contente se continuares a me enviar cartas. Não se envergonhe, bonito, falar sobre os sentimentos hoje em dia é tão difícil que no primeiro momento além de surpresa eu quis que estivesse falando de mim. Deixe-me explicar, não que estivesses sofrendo por mim, mas que falasses do amor que sentes. É que eu acredito, que nesses 20 anos nunca ninguém me escreveu nada tão bonito, jamais me senti querida assim por alguém como tu queres a Sarah. Desculpe o desabafo, espero que não esteja sendo grosseira.


Sobre a tua letra eu realmente, desde pequena, sou curiosa com a grafia das pessoas. Faço caligrafia desde sempre e quando vi a tua letra curvilínea mostrou uma amabilidade que jamais havia visto em outro lugar. Então, por esse motivo, eu quis te conhecer. E ainda quero. Digo que quero, porque espero que não paremos por aqui. Quero te encontrar cada vez mais em outras linhas, em várias delas. E saiba que eu te leio todos os dias nas colunas que me indicaste. Cara sério e conciso você, hein?!


Não vou me estender tanto. Talvez você esteja pensando que falo demais, mas eu gostaria de saber como anda o teu coração desde então. Eu espero, sinceramente, que esteja melhor e que ele encontre um porto seguro. Você me perguntou sobre mim, acho que não tenho nada a dizer por enquanto, somente que eu sou uma poetisa apaixonada pelas horas, pelas pessoas, pelos dias e que tem um coração sempre vazio. Acho que o amor ainda não quis fazer morada em mim. Então, aguardo pacientemente até que ele me queira.
Acho que é isso, doce. Espero a tua próxima carta.


Beijos e abraço poéticos.
'Line.


Esse texto é uma parceira com a escritora Gabriela Diehl. Leia o início da história em seu site.

Você também pode gostar

1 comentários

  1. Mais um trecho de história e eu repito. Estou amando, amando cada detalhe, me deliciando mesmo nas linhas de vocês.
    Como me faz bem vir aqui!

    ResponderExcluir

FANPAGE

@igpamelamarques


DIREITOS AUTORAIS

Todos os textos publicados aqui neste blog são de minha autoria ou de autores convidados. As fotos e gifs foram retiradas de sites como Pinterest e Tumblr, sendo assim, para de fim direitos autorais, declaro que as imagens NÃO pertencem ao blog. Qualquer problema ou reclamação quanto aos direitos de imagem podem ser feitas diretamente comigo por meio do e-mail: adm.pamelamarques@gmail.com. Eu darei os devidos os devidos créditos.