O coração;

08:42

Pegou uma caixinha, papel de seda e esticou sobre a mesa, usou algumas fitas coloridas e o embrulhou. Seus dedos tremiam a cada laçada, começou a escrever um bilhete. Suas mãos trêmulas rabiscavam algumas palavras, enquanto suas lágrimas caiam sobre o papel manchando-o.
E suas palavras foram as seguintes:

'César,
Dou-te meu coração dentro dessa caixinha. Ele já não me pertence há tempos. Então é justo que eu te entregue.'


  • Afinal de contas dei meu coração e você o pôs na estante ♪

Você também pode gostar

3 comentários

  1. Eu já dei meu coração, quando achei que ele não mais me pertencia. Mas não souberam cuidar dele, o pobrezinho ficou em mil pedaços.
    Estou feliz por tê-lo em meu peito outra vez.

    ^^

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. tantas vezes entregamos nosso coração e outras tantas o tratam com imenso descuido...


    ;*

    ResponderExcluir
  3. Agora cabe a ele decidir como vai receber e guardar o presente mais bonito que poderia receber na vida.

    ResponderExcluir

@eupamelamarques

FANPAGE

DIREITOS AUTORAIS

Todos os textos publicados aqui neste blog são de minha autoria ou de autores convidados. As fotos e gifs foram retiradas de sites como Pinterest e Tumblr, sendo assim, para de fim direitos autorais, declaro que as imagens NÃO pertencem ao blog. Qualquer problema ou reclamação quanto aos direitos de imagem podem ser feitas diretamente comigo por meio do e-mail: adm.pamelamarques@gmail.com. Eu darei os devidos os devidos créditos.