O fim da linha.

08:46

Não vamos chorar dessa vez, certo? O adeus pode ser bonito, basta você juntar todos os dias que estivemos juntos. Porque se você lembrar todas as risadas, os momentos de tristezas e somar tudo vai sentir que valeu a pena a convivência. Eu não sou boa em colocar pontos finais, sempre gostei mais das reticências. Porque gosto de pensar que haverá um novo capítulo a ser escrito, mas eu acho que esse é o fim do linha para nós dois. Para que não nos magoemos com o passar dos anos, para que não se desgaste.


Não sei. Só queria dizer adeus de uma forma que você se lembrasse sempre. Que fosse importante como o início. Que não doesse. E embora eu esteja forte ou me sinta forte não sei o que acontecerá de que agora em diante. A vida, sem você, eu não gostaria abraçar. Novamente.


Enfim.

Você também pode gostar

3 comentários

  1. O Adeus já é um abraço forçado. A gente constrói um pequeno casulo e nele guarda todas as despedidas. Ás vezes elas nos fazem lembrar, do que doeu. Do que ficou. E se for mesmo pra abraçar. Que abrace uma nova vida.

    Um beijo Panzita!
    Ficou lindo de doer!

    ResponderExcluir
  2. Oi Pâmela, você mais uma vez com as suas linhas fortes e bem dispostas me tocando de um jeito gostoso.

    Precisa dar uma revisada na ortografia, mas enfim, o texto, o bilhetinho ficou doce, sincero e muito intenso. Gostei demais.

    Beijos e Bons Ventos.

    ResponderExcluir
  3. Verdade, Tati. É que normalmente eu sempre escrevo numa pressa danada, rs. Sei que tem uns erros, mas é mais de digitação mesmo. Valeu a dica, flor!

    ResponderExcluir

@eupamelamarques

FANPAGE

DIREITOS AUTORAIS

Todos os textos publicados aqui neste blog são de minha autoria ou de autores convidados. As fotos e gifs foram retiradas de sites como Pinterest e Tumblr, sendo assim, para de fim direitos autorais, declaro que as imagens NÃO pertencem ao blog. Qualquer problema ou reclamação quanto aos direitos de imagem podem ser feitas diretamente comigo por meio do e-mail: adm.pamelamarques@gmail.com. Eu darei os devidos os devidos créditos.