5 canções para sentir o amor


A música é capaz de eternizar momentos em nossas vidas. Quantas canções se tornam - todos os dias - a trilha sonora de relacionamentos, são armazenadas em nossas mentes com alguma lembrança boa de alguém ou algum acontecimento marcante? Não é possível contabilizar. Apenas sabemos que a música tem o poder de mover o mundo, de conectar as nossas almas e dar às nossas almas uma espécie de bálsamo. Separei - APAIXONADAMENTE - uma playlist com 5 canções para sentir o amor. Com muito amor.


1. Amei te ver - Tiago Iorc;


Ela é a minha number one da lista por vários motivos: a voz dele tem o poder de fazer aquela cócegas em seu estômago, ela espalha todas as borboletas que estão aprisionadas em dentro de nós, tudo o que ele canta é poeticamente perfeito. A música Eu amei te ver é uma das minhas preferidas, daquelas que você ouvia até furar o disco de vinil, que dá um quentinho na alma de tão singela e verdadeira que é. 

"O coração dispara. 
Tropeça, quase para. 
Me encaixo no teu cheiro. 
E ali me deixo inteiro. Eu amei te ver. Eu amei te ver".

2. Peito aberto - Kid Abelha;


Peito aberto é uma das canções mais apaixonantes - na minha opinião -, que foi gravada pela banda Kid Abelha. Todas as vezes que eu a ouço imagino um casal estendendo a mão ao outro e atravessando a rua, as estradas, a VIDA. É uma espécie de súplica, de abandono, de entrega total. Aquela música que tem o poder de arrancar suspiros a cada nota ~ ai ai.

"Seja como for, mas seja. 
Sempre o meu amor perpétuo.
Onde estiver, esteja.
Onde está meu peito aberto".

3. Velha Infância - Tribalhistas;



Velha Infância é, sem dúvida, um dos clássicos da música popular brasileira. Quem nunca enviou um sms ao amado com um trecho da frase, usou como status do MSN ou compartilhou no Facebook o vídeo que atire a primeira pedra. Ela é o tipo de música que é enredo para todas as fases de namoro.

"Você é assim, um sonho pra mim, e quando eu não te vejo.
Eu penso em você, desde o amanhecer, e até quando eu me deito.
Eu gosto de você e gosto de ficar com você. 
Meu riso é tão feliz contigo, o meu melhor amigo é o meu amor".


4. Sozinho - Peninha;



Sozinho é aquela canção que é pai da sofrência. É bem provável que você já tenha curtido uma fossa ao som dessa música devastadora de corações. É latente o sofrimento em cada estrofe, a forma em como sentimos de forma palpável a canção. Sozinho é, sem sombra de dúvida, aquela canção que toca o âmago do nosso ser.

"Por que você me esquece e some?
E se eu me interessar por alguém?
E se ela, de repente, me ganha?
Quando a gente gosta é claro que a gente cuida.
Fala que ama só que é da boca pra fora".


5. Sede de amor - Paula Fernandes.


A última música da playlist é uma indicação do amor que escolheu, me dedicou ela para compor a postagem ~ o intimei/sem pressão a me oferecer uma música ~ e ainda ganhou 5 estrelinhas. Não a conhecia, mas já está guardadinha na minha pasta no celular. 

"Não te contei, mas toda noite os meus sonhos só pedem você.
Bem aqui pra alegrar o meu sorriso e ser a cura nos momentos de dor.
Quero matar a minha sede de amor".





Compar:

4 comentários

  1. Ah Melhor!
    "Seja como for, mas seja.
    Sempre o meu amor perpétuo.
    Onde estiver, esteja.
    Onde está meu peito aberto".❤

    ResponderExcluir
  2. Ah Melhor!
    "Seja como for, mas seja.
    Sempre o meu amor perpétuo.
    Onde estiver, esteja.
    Onde está meu peito aberto". ❤

    ResponderExcluir