Jaya Magalhães



JAYA MAGALHÃES. Escreve. Da Bahia: às vezes serra, às vezes mar – sempre azul. Pela poesia. Porque não sei desenhar. Porque viro aquarela. Para ver nas palavras espelhos de mim. Para ser nas palavras o oposto de mim. Para ser. Escrevo, porque sou. Escrevendo sou possível. Aconteço.

Página: www.jayamagalhaes.com.br